sexta-feira, 3 de julho de 2009

Animação Comunitária

“Encaramos a Animação Comunitária como uma forma de acção sociopedagógica que visa a transformação social, o desenvolvimento através da participação (…) surge-nos como uma tecnologia social que tem a sua formação nas diferentes Ciências Sociais…” (Bastos e Neves, 1993: p.6)

Podemos definir Animação Comunitária como um processo sociopedagógico que permite criar as condições para alcançar a transformação social e desenvolvimento, através da participação dos cidadãos na sua comunidade e também como uma educação não formal centrada nos interesses e necessidades das comunidades.

A Animação Comunitária trabalha no sentido de transformar o tempo desocupado das pessoas em tempo útil de socialização. Neste contexto, é fundamental falar do conceito de Comunidade. Como precursor do conceito de Comunidade encontramos Ferdinand Tönnies, que define Comunidade como:
“(…)uma forma de vida antiga que se desenvolveu a partir da agregação de famílias num mesmo espaço, caracterizando-se por uma coesão social baseada em laços de sangue, de amizade, de costume e de fé.” (Tönnies, 1887)

Outra definição de Comunidade é aquela que é dada por Ezequiel Ander-Egg, o qual afirma que:
“A Comunidade é um agrupamento organizado de pessoas que se percebem como a unidade social, cujos membros participam de algum traço, elemento, interesse, objectivo ou função comum, com consciência de pertença, situados numa certa área geográfica na qual a pluralidade de pessoas interage mais intensamente entre si do que em outros contextos.” (Ander-Egg, 1980: p.45)

Assim, a Animação Comunitária visa promover um sistema de auto-desenvolvimento que a curto prazo permite aos beneficiários melhorar as suas condições de vida.
Pode-se também dizer que a Animação Comunitária respeita os participantes das acções, os seus ritmos, os seus conhecimentos, visto que cada ser humano apenas se realiza em liberdade, sem pressa e sem modelos impostos.

Em suma, a Animação Comunitária consiste em auxiliar a comunidade na procura da solução para os seus problemas, assegurando que os seus projectos têm continuidade junto da comunidade.

1 comentário:

Débora Fernandes disse...

Boa tarde,
Sou animadora cultural e como tal faço pesquisas sobre as mais diversas temáticas que dizem respeito à animação,enquanto ciência social.
Desta forma, não é a primeira vez que as minhas pesquisas me levam directas a este blog. Por isso mesmo gostaria de felicitá-lo e agradecer-lhe o empenho com que escreve estes artigos, pois são muitas vezes uma preciosa ajuda.
Continuação de um bom trabalho,
Débora Fernandes