sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Relação Arte e Ciência

A Relação Arte e Ciência

Sendo a Arte uma área indispensável no desenvolvimento da expressão pessoal social e cultural do ser Humano, a junção com a ciência e a sua articulação com a arte, contribui para o desenvolvimento da imaginação, emoção e razão, elas fazem parte do nosso dia-a-dia ou melhor da nossas vidas e proporcionam novas perspectivas sobre a forma e densidade do ambiente e a sociedade em vivemos.
A área artística e a área científica influência o modo como se aprende, se desenvolve e interpretam os significados do quotidiano. A arte proporciona o desenvolvimento da ciência mais propriamente dos sentidos do ser Humano, segundo Vygostsky:


“A arte só poderá ser objecto de estudo científico quando for considerada a relação permanente com todos os outros campos de vida social e no seu condicionamento concreto. Embora a ciência sirva o princípio da realidade e a arte encontre-se ancorada numa posição intermédia, servindo mais ao princípio de prazer” (Vygostsky; A Psicologia da Arte; 1999)



Por esse motivo a ciência está sempre ligada ao nosso dia a dia, por vezes não nos apercebemos da sua importância na interacção entre as outras áreas do quotidiano. Podemos afirmar que a ciência proporciona a relação de desenvolvimento entre o ser Humano e o material em forma de arte, tendo como princípio de proporcionar o prazer e a evolução tanto social como cultural, desta forma, a arte e a ciência fazem evoluir a nossa sociedade

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Animação Cultural

A Animação Cultural tem como principal função a promoção e a interacção entre o meio e o ser humano, na tentativa de dar resposta às exigências ao nível das relações humanas, sociais e culturais, com o intuito de promover a mudança, como refere a Anasc:
“ É o conjunto de práticas desenvolvidas a partir do conhecimento de uma determinada realidade, que visa estimular os indivíduos, para a sua participação com vista a tornarem-se agentes do seu próprio desenvolvimento e das comunidades em que se inserem” (Anasc) referido em Lopes, 2006, p.149)

Desta forma, a Animação Cultural tem como preocupação os interesses e o bem-estar do ser Humano de forma a potenciar o desenvolvimento de cada indivíduo.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Carnaval 2009



Saber +

1ª edição do Cross Quinta do Ourondinho – Serra da Estrela


A 1ª edição do Cross Quinta do Ourondinho – Serra da Estrela é uma prova de atletismo (Campeonato Distrital de Corta-Mato), que se realiza no próximo dia 22 de Fevereiro de 2009 (Domingo), entre as 14h00 e as 18h00, na Quinta do Ourondinho situada entre as localidades de Cortes do Meio, Paúl, Erada e Unhais da Serra, organizada pelo Grupo Desportivo Animação Cultural da Bouça e pela Associação de Atletismo de Castelo Branco, com o apoio da Câmara Municipal de Covilhã da Freguesia de Cortes do Meio e a colaboração de várias entidades publicas e privadas.

As várias parcerias estabelecidas nesta organização pretendem que, este evento desportivo, seja uma jornada de promoção e de incentivo à pratica desta modalidade como também torná-lo num veículo turístico e divulgativo de produtos gastronómicos e artesanais de toda a região sul do concelho da Covilhã e da Serra de Estrela.


http://crossquintaourondin.com.sapo.pt/

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Projecto Zéthoven

"O Projecto Zéthoven é um projecto cultural que tem como objectivo o crescer da criança como ser humano através de uma parceria com as artes. Assim a partir dos três anos de idade as crianças mantêm contacto regular com a música, com a dança, com o teatro, enfim, com uma série de actividades que lhes permite o desenvolvimento motor e intelectual." ACBI

Saber +

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

A Cultura e o seu Desenvolvimento


As Rodilhas como Objecto de Análise


As Rodilhas são pequenas almofadas, macias e fofas, de forma circular abertas ao centro; eram utilizadas pelas mulheres para transportar à cabeça grandes pesos como a cestas de peixe, o cesto de lenha, de uvas ou simplesmente os cântaros de água.
Os materiais utilizados e a forma para a sua confecção: para fazer uma rodilha basta juntar trapos velhos, envolvê-los em pedaços de meias, por ser um tecido mais fino, moldá-los e revesti-los com a forma de uma roda, utilizam-se fios entrelaçados de duas cores de lã. Para fazer a decoração utilizam-se tiras de trapos, lãs e linhas de bordar entrelaçados e bordados. No passado faziam-nas com fitas cortadas de uma peça de roupa velha e decoradas com fitas coloridas.

As rodilhas têm como característica principal serem leves e macias devido à sua relação forma/função, tem como principal objectivo servir de apoio para o transporte de pesos.

Através do tempo as rodilhas ganharam outras funções além de serem um bom apoio para o transporte de objectos à cabeça, também podem servir de base de tachos para a mesa, de suporte para os alfinetes e como objecto de decoração. Hoje em dia são consideradas peças de artesanato.

Sendo uma peça com um cariz tradicional e com uma função decorativa, este trabalho propõe-se analisar a relação que existe entre a arte e a ciência relativamente às rodilhas. Como a rodilha é considerada uma peça de arte implica o conhecimento da matéria-prima, dos métodos de construção aliado a um estilo pessoal são os componentes necessários para se construir arte.

IV Jornadas Urgência / Emergência



PROGRAMA PROVISÓRIO
IV JORNADAS DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA – 27 e 28 de Março de 2009
“O improvável… acontece! Acontece!!”

Dia 27
8h30 Abertura do Secretariado

9h00 Sessão de Abertura

9h45 Coffee Break

10h00 Mesa I - Novos desafios “RNBQ (Risco Nuclear Biológico e Químico) no Pré-hospitalar e Urgência” – Representantes do INEM

12h30 Almoço

14h30 Simulacro de RNBQ / Incêndio (Com a colaboração e cedência das instalações do Palácio do Gelo) – INEM / BMV / PC / PSP

Dia 28
8h30 Abertura do Secretariado

9h00 Mesa II – DAE (Desfibrilhador Automático Externo)
Competências a Atribuir / Delegar – Dr. António Marques (Hospital Sto. António)
Nova proposta lei – Representante do INEM
Diferentes realidades a nível internacional
Experiência no terreno – Representante dos Bombeiros

10h30 Coffee Break

11h00 Mesa III – SIV (Ambulâncias de Suporte Imediato de Vida)
Objectivos da criação
Vantagens / Impacto no Pré-hospitalar – Enfº Rui Miguel (Coordenador do SAE – Centro)
Casuística – Enfª Mónica Alves (Coordenadora do meio SIV Tondela)
Competências delegadas e atribuídas – OM e OE

12h30 Almoço

14h00 Mesa IV - Aspectos Médico-Legais: Manutenção e Preservação de Provas
- Prof. Dr. Pinto da Costa (Prof. Catedrático de Medicina Legal)
- Enfº Albino Gomes (Enf. Pós-graduado em Ciências Criminais)

16h00 Mesa V - Trauma na grávida
Trauma na Grávida – Dr. Carlos Gomes (Hospital Cova da Beira)
Reanimação do Recém-nascido – Enfº António Ferreira (Enfermeiro Especialista SMO)
Sépsis na grávida – Representante da Equipa da UCI de Vila Real

17h30 Encerramento

Workshops
- Interpretação de ECG’s
- Técnicas de Imobilização / Extracção

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Carnaval



http://carnavaldaneve.blogspot.com/